Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Statoil, da Noruega, e Chesapeake, dos EUA, criam aliança para explorar gás

Copenhague, 11 nov (EFE).- O consórcio petrolífero norueguês StatoilHydro anunciou hoje a assinatura de um acordo estratégico com a americana Chesapeake Energy, líder na produção de gás nos Estados Unidos, para atuação conjunta em diversos projetos.

EFE |

A StatoilHydro pagará US$ 3,380 bilhões (2,633 bilhões de euros) por uma participação de 32,5% na exploração de gás Marcellus, de propriedade da Chesapeake. A área, no nordeste dos EUA, tem mais de 7.000 quilômetros.

A petrolífera norueguesa, segunda distribuidora de gás na Europa, pagará US$ 1,250 bilhão (974 milhões de euros) à vista, enquanto o restante será compensado através do financiamento de 75% das despesas de perfuração e exploração da Chesapeake de 2009 a 2012.

A StatoilHydro também terá direito a uma participação de 32,5% em novos terrenos caso a Chesapeake siga ampliando a área de exploração Marcellus - o que deve acontecer.

Com esta operação, a StatoilHydro adquire recursos equivalentes a entre 2,5 e 3 bilhões de barris de petróleo. A firma espera aumentar sua produção em pelo menos 50.000 barris diários em 2012, e planeja atingir um mínimo de 200.000 após 2020.

"Estabelecemos uma plataforma sólida para o desenvolvimento futuro de nossos valores e o crescimento mundial dentro do campo do gás pouco convencional, além de acrescentar recursos significativos à nossa carteira", disse o presidente do consórcio norueguês, Helge Lund, em nota. EFE alc/dp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG