SÃO PAULO - A rede de cafeterias Starbucks vai fechar 600 lojas nos Estados Unidos de hoje até março e pretende inaugurar menos de 200 unidades no país durante o ano fiscal de 2009 (a começar em outubro). O fechamento deve causar um impacto de US$ 200 milhões em depreciação de ativos no balanço do terceiro trimestre do ano fiscal de 2008. A empresa reconhecerá também uma despesa, de US$ 120 milhões a US$ 140 milhões, relacionada aos aluguéis de imóveis.

Antes, a empresa tinha planejado o fechamento de apenas cem lojas. As 600 que vão encerrar as atividades têm desempenho abaixo da média, de acordo com comunicado da companhia. Como resultado, serão eliminados empregos de meio-período e período integral, cujos ocupantes a Starbucks espera reaproveitar em lojas próximas às fechadas.

Segundo o comunicado, as 600 unidades afetadas estão espalhadas nos maiores mercados americanos e 70% delas abriram após outubro de 2005. Foram usados diversos critérios para identificar essas lojas, entre eles lucratividade abaixo do esperado, previsões insatisfatórias de retorno futuro e impacto das atuais e antecipadas tendências econômicas.

(Valor Online)

Leia mais sobre Starbucks

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.