Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Starbucks fechará 600 lojas e eliminará 12 mil empregos nos EUA

Nova York, 1 jul (EFE).- A rede americana de cafeterias Starbucks anunciou hoje que planeja fechar 600 lojas nos Estados Unidos, o que vai gerar o fim de 12 mil empregos.

EFE |

Este número inclui o fechamento de 100 filiais anunciado previamente pela companhia.

A Starbucks disse que a maioria dos fechamentos acontecerá na segunda metade de seu ano fiscal de 2008 e na primeira de 2009, e que afetará as cafeterias que rendem menos que o esperado.

Cerca de 70% dos estabelecimentos que não funcionarão mais estavam abertos desde o início do ano fiscal de 2006, acrescentou Starbucks.

Além disso, a empresa informou que durante o próximo ano fiscal abrirá menos de 200 cafeterias nos EUA, contra as 250 que previa inaugurar inicialmente nesse período.

"Ao longo da história da companhia, sempre aspiramos colocar nossa gente em primeiro lugar", afirmou através de um comunicado o presidente e conselheiro geral da Starbucks, Howard Schultz, que considera a decisão "difícil".

Essa medida "afeta a vida das pessoas que trabalharam tão duro para oferecer um serviço superior a nossos clientes", ressaltou.

A cadeia de cafeterias com sede em Seattle (Washington) anunciou em março passado uma estratégia para recuperar clientes e combater assim a crescente concorrência e a desaceleração da economia americana.

Há meses, a companhia sofre uma deterioração em seu modelo de negócio, que os clientes atribuem à perda de qualidade do café que servem e do encantamento que sempre marcaram seus estabelecimentos.

A Starbucks tem atualmente 16 mil cafeterias em 45 países, mas a maior parte de seu faturamento provém do mercado americano.

As ações da empresa subiam 0,78%, para US$ 16,40, nas operações eletrônicas posteriores ao fechamento do mercado Nasdaq. EFE bj/rb/rr

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG