Tamanho do texto

Frankfurt (Alemanha), 13 jan (EFE).- A agência de classificação de risco americana Standard & Poors manteve a máxima qualificação de crédito da Alemanha a longo e a curto prazo em AAA e A-1+, respectivamente.

A Standard & Poor's afirmou hoje em comunicado que as perspectivas para a Alemanha são estáveis.

Por isto, a agência reafirmou a qualificação de AAA e A-1+ do crédito soberano a longo e curto prazo, respectivamente, da República Federal da Alemanha.

O analista de crédito da Standard & Poor's Kai Stukenbrock disse que "a qualificação reflete nossa opinião de que a economia da Alemanha é moderna, altamente diversificada e competitiva e que o ambiente político é estável com um recorde de políticas macroeconômicas prudentes e de disciplina na despesa governamental".

Ele acrescentou que a qualificação também reflete a opinião de que a Alemanha tem capacidade de resistência a choques em grande escala.

A Standard & Poor's prevê que a economia da Alemanha, orientada para as exportações, vai notar de forma forte o impacto da deterioração do ambiente econômico internacional.

A agência de qualificação americana prevê que a economia alemã, a maior da zona do euro, vá se contrair 2% em 2009 e começará a se expandir de novo em 2010.

No entanto, a economia continuará sendo competitiva graças, em parte, aos anos de reestruturação empresarial e restrição dos salários, como refletem os superávit por conta corrente.

As finanças públicas se deteriorarão de forma marcada em 2009, após terem conseguido orçamentos equilibrados em 2007 e em 2008. EFE aia/fal