Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Socorro a montadoras americanas favoreceu Wall Street na sexta-feira

SÃO PAULO - Os índices Standard & Poor´s 500 e Nasdaq fecharam em alta na sexta-feira, após o governo afirmar que irá disponibilizar US$ 17,4 bilhões em linhas de crédito para as montadoras americanas em dificuldades pela queda da demanda. Sem tempo para absorver o pacote americano, as bolsas européias fecharam em baixa generalizada.

Valor Online |

O Dow Jones fechou em queda, puxado por novas perdas das ações de energia, com o petróleo afundando pela sexta sessão consecutiva, incluindo a Chevron e Exxon Mobil.

O índice Dow Jones teve baixa de 0,3%, a 8.579 pontos. O Standard & Poor´s 500 subiu 0,29%, a 887 pontos. O Nasdaq avançou 0,77%, a 1.564 pontos.

O pacote de socorro às montadoras representou " um alívio para os mercados " , afirmou Tim Ghriskey, vice-presidente da Solaris Asset Management, em referência a ajuda do setor automobilístico.

Mas o otimismo inicial sobre a linha de crédito do governo para as montadoras que impulsionou as ações para mais de 2% de alta perdeu força ao longo do pregão, com os investidores digerindo os termos do pacote que dá um tempo relativamente curto para resolverem seus problemas.

A maioria das bolsas de valores européias fechou em baixa nesta sexta-feira em uma sessão volátil e desanimada por ações de commodities, que seguiram a queda dos preços do petróleo e do cobre.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais blue chips do continente, terminou em baixa de 0,45%, a 823 pontos.

Operadores atribuíram a volatilidade ao vencimento de opções e contratos futuros em diferentes momentos do dia ( " quadruple witching " ).

" Há a sensação de ? sexta-feira anterior ao Natal ? " , disse Jim Wood-Smith, chefe de pesquisa do Williams de Broe. " O volume é baixo. Ninguém quer apostar alto em papéis de bancos e os de matérias-primas estão em baixa devido ao preço do petróleo e dos metais " .

Ações do setor de energia foram as que mais pressionaram o índice. Os preços dos contratos futuros do petróleo em Nova York com vencimento nesta sexta-feira recuavam.

Os papéis de montadoras pesaram mesmo com o anúncio da Casa Branca de tornar disponível empréstimos do fundo de resgate ao setor financeiro (Tarp, na sigla em inglês) ao setor automotivo.

Em Londres, o índice Financial Times fechou em queda de 1,01%, a 4.286 pontos. O indicador DAX, da bolsa de Frankfurt, cedeu 1,26%, para 4.696 pontos. Em Paris, o CAC-40 se desvalorizou 0,26%, a 3.225 pontos. O Mibtel, de Milão, perdeu 01,4%, a 15.206 pontos. Em Lisboa, o PSI20. teve recuo de 0,99%, para 6.211 pontos.

A exceção da jornada européia ficou por conta da bolsa de Madri, onde o Ibex-35 registrou alta de 0,11%, aos 9.268 pontos.

(Valor Econômico, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG