Os acionistas da Anheuser-Busch aprovaram a compra da companhia pela belgo-brasileira InBev, uma transação de US$ 52 bilhões, o que abre caminho para uma união entre ambas até o final do ano. O acordo agora precisa apenas de aprovação das autoridades dos EUA, Reino Unido e China.

Apoiar a combinação proposta "foi uma decisão difícil para o nosso conselho tomar", disse o presidente da empresa, August Busch IV.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.