SÃO PAULO - Embora exista o risco de mais perdas para os bancos, as instituições foram bem sucedidas até o momento em levantar capital, avaliou o diretor de Mercados de Capitais do Fundo Monetário Internacional (FMI), Jaime Caruana.

Ele confirmou que segue sendo válida a estimativa de prejuízos de quase US$ 1 trilhão por causa da crise imobiliária e do aperto de crédito e que as condições nos mercados financeiros e nas instituições bancárias continuam frágeis.

Em discurso ao Parlamento europeu em Bruxelas, o representante do Fundo também chamou a atenção para a inflação, que, alimentada pelo aumento dos preços das commodities, está corroendo o poder de compra.

Caruana notou ainda que a alta da inflação é o principal risco nos mercados emergentes, mas disse que esses mesmos mercados mostraram resistência impressionante ao recente tumulto financeiro.

(Valor Online, com agências internacionais)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.