Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Site eBay vai recorrer da sentença do tribunal francês

Nova York, 1 jul (EFE).- O maior site de leilões da internet eBay anunciou hoje que vai recorrer da sentença de um tribunal francês que o condenou a pagar 39 milhões de euros por intermediar vendas de produtos falsificados.

EFE |

Segundo site, a decisão é um passo para trás com o qual a Louis Vuitton tenta proteger práticas comerciais contrárias à concorrência.

"A sentença não fala sobre falsificação, mas de uma tentativa por parte da LVMH de proteger as práticas comerciais contrárias à concorrência às custas da escolha do consumidor e daqueles vendedores que cumprem a lei no eBay a cada dia", afirma o eBay em comunicado..

"Entendemos este tipo de decisão como um passo para trás para os consumidores e empresas com que trabalhamos diariamente", argumentou a empresa.

Para o eBay, a decisão "se manifesta como uma tentativa de impor na França um modelo de negócio que restringe as escolhas do consumidor com práticas comerciais não competitivas".

"Investimos mais de US$ 20 milhões por ano para assegurar a detecção de produtos falsos e retirá-los. Colaboramos com mais de 18 mil marcas de todo o mundo para identificar e retirar os produtos falsificados e empregamos mais de duas mil pessoas para realizar esta luta diariamente", explicou o eBay.

O Tribunal de Comércio em Paris decidiu que o eBay deverá indenizar o grupo francês de artigos de luxo LVMH por ter vendido produtos pirateados com várias marcas da empresa - entre elas Louis Vuitton Malletier e Christian Dior - e por burlar as redes de distribuição seletivas da companhia. EFE mgl/rr

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG