A atual turbulência nos mercados financeiros revelou fraquezas significativas no sistema regulatório dos Estados Unidos que devem ser abordadas em vários níveis, afirmou neste sábado o presidente do Fed de Chicago, Charles Evans. Durante encontro da American Economic Association, ele afirmou que o trabalho atual das autoridades regulatórias falhou em limitar a tomada excessiva de risco ou em detectar vulnerabilidades sistêmicas.

"Esses fracassos pedem uma reavaliação dos papéis da disciplina do mercado e em nossas estruturas regulatórias no apoio ao funcionamento eficiente dos mercados financeiros", disse ele.

Entre as questões mais óbvias com as quais as autoridades regulatórias precisam lidar estão práticas descuidadas referentes a empréstimos para hipotecas. Segundo Evans, existe a necessidade de uma supervisão mais próxima de organizações que possam representar uma ameaça à estabilidade do sistema financeiro.

"Questões sobre mudanças no tratamento direcionado a casas de clearing, bolsas, fundos de hedge e investidores de ações privadas devem ser estudadas cautelosamente", disse ele, acrescentando que capital adequado, bom gerenciamento de risco e supervisão prudencial são essenciais.

Segundo Evans, o Fed precisa se esforçar mais para comunicar melhor mudanças em suas políticas sob circunstâncias extraordinárias. Ele destacou ainda que mais estímulo público está previsto nos próximos meses. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.