Tamanho do texto

WASHINGTON (Reuters) - Preocupações quanto à solvência de bancos internacionais empurraram o sistema financeiro global à beira de um derretimento sistêmico, disse o chefe do Fundo Monetário Internacional (FMI) nesta sexta-feira. Mesmo com as atitudes sem precedentes, o que inclui cortes de juro coordenados pelos principais bancos centrais do mundo, para estancar a hemorragia financeira nos Estados Unidos e na Europa, medidas adicionais provavelmente serão necessárias até que os mercados se estabilizem, disse o diretor administrativo do FMI, Dominique Strauss-Kahn.

"Para o futuro, as condições financeiras devem continuar muito difíceis, retendo as perspectivas de crescimento global", disse Strauss-Kahn ao comitê dirigente do FMI, o Comitê do Fundo Monetário Internacional.

(Reportagem de Lesley Wroughton)