Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Sinopse de imprensa: Lap Chan quer irmã no controle da VariLog

Chap Lup Wai Ohira deve ser apresentada como nova sócia da empresa Volo do Brasil, segundo reportagem da ¿Folha de S. Paulo¿, publicada na edição deste domingo. Ela é irmã do chinês Lap Wai Chan, representante do fundo americano Matlin Patterson, que detém a maior parte das ações da Varilog. Os advogados da Volo do Brasil devem protocolar na Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) o pedido de autorização para transferêcia de controle acionário da companhia nesta segunda, ainda de acordo com o jornal.

Redação |

Chan Lup, embora tenha nascido na China, foi naturalizada brasileira aos 12 anos, o que, acreditam os advogados, solucionaria o problema enfrentado pela empresa. A Anac ameaça cassar a concessão da companhia porque ela atua sob controle acionário do fundo americano. A situação contraria o Código Brasileiro de Aeronáutica, que limita a 20% a participação estrangeira, uma vez que os três sócios brasileiros, que detinham 80% das ações ordinárias da empresa, foram afastados por decisão da Justiça.

De acordo com o jornal, Chan Lup diz estar investindo recursos próprios para comprar 51% das ações que eram dos brasileiros (Marco Antonio Audi, Luiz Eduardo Gallo e Marcos Hafter). Ao todo, ela vai desembolsar US$ 800 mil. Chan Lup nega ser laranja do irmão e diz ter como provar que está usando o próprio dinheiro. Ela atua há 31 anos atuando no mercado financeiro e é formada em administração de empresas pela PUC-SP e em direito pela Unip.

Os outros 29% das ações dos brasileiros serão adquiridos por Peter Miller, segundo a assessoria da VarigLog. Miller, que mora em Nova York, é cidadão brasileiro e americano e é executivo de finanças.

Leia tudo sobre: variglog

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG