Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Sinopse de imprensa - Escassez de crédito no Brasil deve continuar, afirma Febraban

Mesmo com a disposição do governo de liberar cerca de R$ 100 bilhões em recursos captados pelos bancos que estavam parados no Banco Central, os reais em circulação na economia não serão suficientes para atender à demanda por crédito das empresas, que cresceu com a falta de linhas em dólar, segundo o presidente da Febraban (Federação Brasileira de Bancos), Fábio Barbosa. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Redação |

Em entrevista ao jornal, Barbosa disse que "os reais não são suficientes para atender a essa nova demanda de pessoas que migraram de dólar para reais. Por definição mesmo, não tem [reais], e o que tem é limitado. Se mais gente vem buscar, não tem e fica faltando".

O presidente do Santander no Brasil também afirmou que as pessoas físicas continuam sendo atendidas normalmente. No caso das empresas, o problema é que as operações ficaram com prazo mais curto e elas precisam de financiamentos longos. Isso porque, argumenta, os investidores que são a fonte de recursos dos bancos estão preferindo aplicações de prazos mais curtos, com medo das incertezas que rondam os mercados.

Barbosa, porém, diz que não há pressão do BC para os bancos emprestarem a qualquer custo.

Leia mais sobre: Febraban

Leia tudo sobre: bancoscrise financeirafebraban

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG