Tamanho do texto

SÃO PAULO - A VCP (Votorantim Celulose e Papel) anunciou nesta sexta-feira, em teleconferência com analistas, a suspensão definitiva da fusão com a Aracruz. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

O fechamento do negócio aconteceria no dia seis de outubro, mas foi postergado devido aos problemas financeiros da Aracruz gerados por uma malsucedida operação financeira com derivativos cambiais, pela crise de crédito do mercado internacional e pela redução da demanda internacional por celulose, efeito que já começa a paralisar unidades no Brasil.