Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Sinduscon-SP: empregos na construção batem recorde

A construção civil registrou número recorde de empregos no País no primeiro semestre, com a criação de mais vagas formais do que no acumulado de 2007, conforme levantamento do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (Sinduscon-SP) e da FGV Projetos. No primeiro semestre, o setor contratou 229 mil trabalhadores com carteira assinada, com crescimento de 106% em relação às novas vagas registradas no mesmo período de 2007 e expansão de 10,8% ante o acumulado do ano passado.

Agência Estado |

Em junho, houve recorde de vagas criadas em um único mês, com 43,7 mil novos postos, acima dos 43,6 mil em janeiro. Em relação a junho do ano passado, o crescimento foi de 18,6%. O número de trabalhadores da construção civil chegou a 2,063 milhões em junho, 12,4% a mais que o registrado em dezembro de 2007. Esta é a maior alta do índice para o período desde 1995, quando essa metodologia de cálculo passou a ser adotada. O nível de emprego reflete o aquecimento imobiliário e os investimentos em obras de infra-estrutura.

No Estado de São Paulo, foram criadas 62,4 mil vagas no primeiro semestre, 63,4% a mais que no mesmo período de 2007. O número de trabalhadores paulistas no setor aumentou 12% em relação ao do início de 2008, para 578,5 mil. Na capital, as contratações cresceram 34,4% de janeiro a junho, para 30,3 mil contratações. O número de trabalhadores na construção da cidade subiu 12,2%, para 277,5 mil ante o começo do ano.

Entre as regiões, o Centro-Oeste liderou o ritmo de crescimento do nível de emprego da construção no primeiro semestre, com aumento de 188,5% em relação ao número de vagas criadas no mesmo período de 2007, seguido pelo Nordeste, que teve alta de 183%.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG