Tamanho do texto

Paris, 9 fev (EFE).- Os oito sindicatos franceses que convocaram a greve de 29 de janeiro na França, adotada por mais de um milhão de pessoas, decidiram hoje lançar um novo dia de paralisação nacional em 19 de março.

No dia 18 de fevereiro acontecerá uma "cúpula social", anunciada pelo presidente francês, Nicolas Sarkozy, na semana passada, e que as Confederações consideram "um elemento importante", informou seu porta-voz, Gérard Aschieri.

Os sindicatos consideram "indispensável manter a pressão" de maneira unitária e esperam "respostas concretas" da reunião de 18 de fevereiro, precisou.

Além disso, destacou que Sarkozy anunciou sua intenção de manter "o essencial" de seus projetos, o que os sindicatos "lamentam".

No dia 29 de janeiro, mais de um milhão de franceses se manifestaram em mais de 200 cidades contra as consequências da crise econômica e a política do Governo. EFE lg/mh