SÃO PAULO - O anúncio da fusão entre Itaú e Unibanco já mobiliza os sindicalistas da categoria. O Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região deve se reunir com dirigentes dos dois bancos nos próximos dias para discutir o futuro dos funcionários no processo de união entre as duas companhias.

Segundo o sindicato, representantes do Itaú se comprometeram a iniciar as discussões ainda nessa semana. No Unibanco, o compromisso é realizar as reuniões "o mais breve possível".

Em nota, a entidade se diz preocupada com possíveis cortes no quadro de funcionários e critica o aumento da concentração no setor financeiro. "O momento de crise está sendo utilizado pelos bancos para crescer com a aquisição de outras instituições e ampliar ainda mais seus lucros. No entanto, a conta não pode recair sobre a sociedade e os trabalhadores."
O sindicato afirma que a negociação envolverá o destino dos 52 mil funcionários do Itaú e dos 26 mil do Unibanco.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.