Tamanho do texto

O Sindicato dos Bancários de Curitiba e região realiza manifestação desde a madrugada em duas sedes administrativas do banco HSBC em Curitiba. Os trabalhos nos centros administrativos Xaxim e Kennedy não foram abertos hoje pelos trabalhadores, que protestam contra 100 demissões ocorridas na última sexta-feira.

Em nota em sua página na internet, o Sindicato dos Bancários diz temer que este seja um início de uma onda de demissões no primeiro trimestre de 2009.

A assessoria de imprensa do HSBC confirmou as demissões, que diz serem "menos de 100", sem informar o número exato. Segundo o banco, estão sendo tomadas medidas que garantem o andamento normal dos trabalhos. Sobre o temor do sindicato, de que seja o início de uma onda de novas demissões, a assessoria do banco diz que, por enquanto, não há mais informações sobre novas dispensas.