Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Sindicato de pilotos francês decide continuar greve da Air France

Paris, 15 nov (EFE).- O Sindicato Nacional dos Pilotos de Linhas (SNPL) francês anunciou hoje que a greve da Air France, iniciada na sexta-feira, depois que suas bases rejeitaram o compromisso oferecido pelo Governo sobre a idade de aposentadoria - que originou o protesto -, continuará até a próxima segunda-feira.

EFE |

Um total de 65% dos membros do conselho nacional do SNPL (central majoritária na companhia aérea francesa) decidiu continuar a greve, motivo pelo qual a direção do sindicato pediu ao Governo que retire sua emenda de compromisso e abra uma rodada de negociações.

A decisão do SNPL é resultado de uma consulta interna sobre a proposta do Executivo de apresentar, na próxima segunda-feira, uma emenda de retificação parcial da disposição que desencadeou a greve.

Concretamente, foi outra emenda - nesse caso, de iniciativa parlamentar - ao orçamento de Previdência Social votado no último dia 1º, que eleva a idade de aposentadoria dos pilotos de 60 para 65 anos a partir de 2010, com o argumento de que essa é a idade padrão em outros países.

A greve iniciada ontem, e cuja convocação a prolonga até as 24h da próxima segunda-feira, traduziu-se esta manhã na alteração do programa habitual da Air France, de acordo com o que havia anunciado a direção da companhia aérea.

Isso representou o cancelamento de cerca da metade das conexões internas e de médio alcance (com a Europa e o norte da África), enquanto, nos serviços intercontinentais, as suspensões ficaram entre 30% e 35%. EFE ac/fh/an

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG