SÃO PAULO - Mais de 14 mil bancários aderiram à paralisação das atividades em São Paulo, Osasco e região, conforme balanço até às 12h de hoje, o sexto dia de greve. O Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região informou que estão parados os trabalhos em 308 agências bancárias e em alguns centros administrativos, envolvendo 14.

200 funcionários.

A categoria reivindica aumento salarial real de 5% bem como Participação nos Lucros e Resultados (PLR) composta de três salários mais valor fixo de R$ 3.500, entre outros pontos.

Em nota, o sindicato avisou que nesta tarde haverá uma assembléia para analisar a greve e os rumos da campanha.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.