RIO - O trabalhador interessado em saber quanto terá a receber pelo imposto de renda (IR) cobrado sobre a venda de 1/3 das férias pode descobrir o valor a que terá direito acessando o simulador oferecido pelo Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Unafisco). A ferramenta está disponível http://www.unafisco.org.br/index.php?option=com_content&view=category&layout=blog&id=84&Itemid=97 target=_blankno site da instituição, na seção Serviços à Sociedade.

Até 2006, os trabalhadores sofriam com a incidência de IR sobre a venda de 1/3 das férias. A partir de 17 de novembro daquele ano, quem optou por vender parte das férias pode solicitar a restituição do imposto cobrado.

"Houve uma mudança na legislação e boa parte dos trabalhadores brasileiros tem direito a restituição dos valores cobrados pelo Imposto de Renda incidente sobre a venda das férias", afirmou, em nota, Pedro Delarue, presidente do Unafisco, que lembra, entretanto, que o benefício só é estendido ao trabalhador que estava no período sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Leia mais sobre Imposto de Renda

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.