Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Siemens é condenada nos EUA e na Alemanha por corrupção

O grupo industrial alemão Siemens foi condenado pela justiça alemã a pagar 395 milhões de euros e, pela justiça dos Estados Unidos, a pagar outra multa, de US$ 800 milhões, por ter usado de corrupção para conseguir contratos, anunciou a própria empresa nesta segunda-feira.

AFP |

A Siemens declarou em comunicado que "aceita" a decisão do Ministério Público de Munique (sul da Alemanha), e frisou que o caso na Alemanha "está encerrado".

Pouco antes, as autoridades judiciárias americanas aceitaram perdoar o gigantesco escândalo de corrupção que agitava o grupo alemão, sob a condição de que a Siemens, cotada na Bolsa de Nova York, pague uma multa de US$ 450 milhões, além de US$ 350 milhões à SEC, a instância de regulação das atividades da Bolsa.

Assim, a conta total chega a cerca de um bilhão de euros.

O grupo alemão pagou subornos durante anos para conseguir contratos internacionais. A Siemens é suspeita de alimentar um caixa dois com 1,3 bilhão de euros.

A revelação, há dois anos, deste escândalo de corrupção, derrubou toda a diretoria deste conglomerado centenário, e alguns ex-diretores da empresa ainda são alvos de processos na justiça.

Leia mais sobre corrupção

Leia tudo sobre: corrupção

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG