Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Siemens acalma investidor e índice de bolsas da Europa sobe

PARIS (Reuters) - O índice de ações europeias fechou em alta nesta terça-feira depois que a Siemens reduziu os temores dos investidores sobre resultados trimestrais, ofuscando dados pessimistas sobre a confiança do consumidor dos Estados Unidos. O índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais ações da região, fechou em alta de 0,12 por cento, a 785 pontos.

Reuters |

A Siemens se manteve firme à estimativa de lucro para 2009 anunciada anteriormente, levando as ações da companhia a fecharem em alta de 2,8 por cento e impulsionando os papéis do setor industrial, com Alstom, que subiu 4 por cento.

O índice chegou a cair mais de 1 por cento durante a tarde, após dados terem mostrado que a confiança do consumidor dos Estados Unidos teve recorde de baixa em janeiro, golpeada pelo menor número de moradias em construção e por um mercado de trabalho desanimador.

O Conference Board, um grupo do setor privado, divulgou que seu índice de confiança caiu para 37,7, frente o patamar revisado de 38,6 em dezembro.

"Ralis de curto-prazo são esperados, mas as ações vão certamente rever suas baixas históricas antes de nós termos uma recuperação, com um crescimento anêmico por algum tempo", disse Pierre Sabatier, diretor de estratégia da Pythagore Investment, em Paris.

O setor de bancos, recentemente abatidos pela crise, estendeu recuperação da véspera, com Royal Bank of Scotland disparando 8,3 por cento e Credit Agricole avançando 3,2 por cento.

Os papéis de montadoras também exibiram alta, com BMW subindo 2 por cento e Daimler tendo alta de 3,1 por cento.

Os ativos do setor farmacêutico, que tem apresentado má performance neste mês, figuraram entre as maiores perdas, com AstraZeneca caindo 3,9 por cento e Roche recuando 2,4 por cento.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em queda de 0,35 por cento, a 4.194 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX teve variação negativa de 0,08 por cento, para 4.323 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 teve oscilação negativa de 0,03 por cento, para 2.954 pontos.

Em MILÃO, o índice Mibtel encerrou em queda de 0,13 por cento, a 14.167 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou recuo de 0,31 por cento, para 8.349 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 teve queda de 0,84 por cento, para 6.299 pontos.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG