Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Siderúrgicas da Europa vão à UE contra a Vale

A associação europeia da indústria siderúrgica, a Eurofer, vai pedir aos reguladores antitruste da União Europeia que avaliem se a maior produtora mundial de minério de ferro, a Vale, está abusando de sua posição dominante, disse ontem o diretor-geral da organização. A Eurofer, cujos membros incluem ArcelorMittal e ThyssenKrupp, pode encaminhar reclamação formal à Comissão Europeia ainda nesta semana, disse à Reuters seu diretor-geral, Gordon Moffat.

Agência Estado |

A Vale negocia atualmente com as produtoras de aço europeias os termos de aumento do preço do minério. "Encaminharemos uma queixa contra a Vale por abuso de domínio de mercado. Nosso argumento não é tanto sobre o aumento de preços, mas a mudança nos termos dos preços e propostas para uma alteração no preço anual para preços de mercado à vista", disse Moffat. "Mudar unilateralmente os termos em contratos sem negociação pode ser considerado abuso de posição de mercado." Procurada, a Vale informou que não iria comentar o assunto.

As mineradoras querem acabar com o sistema de preços anuais referenciais, dizendo que ele é menos relevante agora por causa do crescimento do mercado à vista e da rápida expansão do setor siderúrgico da China. A Vale busca um acordo trimestral. A Eurofer também planeja pedir à Comissão Europeia nesta semana que investigue o setor de minério de ferro, por causa dos aumentos de preço "injustificados", disse Moffat. Segundo ele, a Eurofer avalia levar a queixa também a reguladores americanos. "Nossa reclamação pode ser feita ao Departamento de Justiça dos EUA. É uma opção que estamos vendo."
"Esses aumentos de preços são ditados para nós, eles não são governados por nenhum fundamento. Há pouca pressão competitiva. Uma investigação da Comissão (Europeia) sobre esse setor é justificada", disse. As regras antitruste da UE proíbem empresas de fixar preços entre elas ou definir fatias de mercado. Com os preços à vista do minério de ferro subindo no ano passado, as grandes mineradoras pressionam as siderúrgicas para aceitarem um dos maiores aumentos anuais da história.

A Eurofer já havia dito neste mês que um aumento de 80% a 90% nos preços do minério de ferro poderia prejudicar a recuperação econômica europeia. A Vale estaria pedindo 90% a 100%. A Associação de Ferro e Aço da China (Cisa) também se opõe a esse aumento.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG