Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Shell supera estimativas com salto no lucro do 3o tri

Por Tom Bergin LONDRES (Reuters) - A Royal Dutch Shell superou todas as previsões ao registrar um salto de 71 por cento no lucro do terceiro trimestre, para 10,9 bilhões de dólares. O balanço foi impulsionado por preços do petróleo em alta e vendas de ativos que compensaram uma queda de 7 por cento na produção de petróleo e gás.

Reuters |

A segunda maior companhia petrolífera não governamental do mundo em valor de mercado afirmou na quinta-feira que está bem posicionada para continuar pagando dividendos e investimentos, mesmo a preços mais baixos da energia.

"Uma boa performance, todas as divisões tiveram boa performance. O principal impulsionador parece ter sido a área de distribuição. Foi muito melhor que o esperado", disse Alexandre Weinberg, analista da Petercam.

Entretanto, as ações da Shell caíram depois que investidores se concentraram em números de produção mais fracos que o esperado.

As ações da companhia recuavam 3 por cento na bolsa de Londres, enquanto o índice europeu de papéis do setor petrolífero tinha baixa de 1,3 por cento.

O resultado da Shell se beneficiou de uma alta de 54 por cento no preço do petróleo em relação ao terceiro trimestre do ano passado. Entretanto, os preços caíram para ao redor de 70 dólares o barril, depois do recorde de 147 dólares atingido em julho. Isso aumentou os receios de investidores de que as companhias petrolíferas podem não ser capazes de continuar a elevar seus generosos dividendos.

A Shell informou que sua produção de petróleo e gás caiu para 2,93 milhões de barris de óleo equivalente por dia no trimestre passado, por causa de interrupções causadas por furacões no Golfo do México, poucos inícios de atividade em novos campos e impacto de contratos de compartilhamento de produção sob os quais a empresa recebe menos petróleo de projetos quando os preços sobem.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG