Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Shell desembolsa R$ 11,5 milhões por cinco blocos na 10ª Rodada

SÃO PAULO - A Shell foi a única grande produtora de petróleo estrangeira a arrematar blocos na 10ª Rodada de Licitações da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Para ficar com cinco blocos exploratórios na Bacia do São Francisco, a companhia britânica desembolsou R$ 11,5 milhões em bônus de assinatura, um ágio de 2,210% em relação ao preço mínimo estipulado pela agência reguladora para as cinco áreas.

Valor Online |

"Sempre olhamos as melhores opções. Já temos experiência em terra, embora sejam os primeiros blocos terrestres que adquirimos no país", disse Flavio Rodrigues, gerente de negócios internacionais da Shell Exploration & Production.

Rodrigues confirmou que a empresa espera iniciar no segundo semestre a produção no Parque das Conchas, na Bacia de Campos. A região, o antigo BC-10, engloba os campos de Ostra, Abalone e Argonauta. A Shell detém 50% de participação na área, com 35% para a Petrobras e 15% para a indiana ONGC. O Parque das Conchas conta ainda com o campo de Nautilus, unitizado com Mangangá, descoberto pela Petrobras no bloco BC-60, onde a estatal descobriu o Parque das Baleias.

O executivo evitou dar detalhes sobre o bloco BM-S-54, 100% pertencente à companhia britânica e localizado no pré-sal brasileiro.

"Ainda não tem nada definido. Vamos fazer estudos para decidir o que realizaremos na região em 2009", afirmou Rodrigues, lembrando que a companhia tem participação de 20% no bloco BM-S-8, batizado de Bem-Te-Vi, no qual tem a Petrobras como sócia majoritária.

(Rafael Rosas | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG