Porto Alegre, 13 - A Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Tabaco prevê boa perspectiva de preço do fumo em 2009, por causa da posição baixa dos estoques mundiais e da quebra de produção no Brasil. A Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra) estima quebra de cerca de 10% na safra 2008/09.

A maioria das regiões está concluindo a colheita. Em novembro, a estimativa de perdas era maior, de 15%, mas chuvas tardias melhoraram o rendimento. No entanto, houve queda de granizo. Até o último sábado, a Afubra somava 28 mil lavouras atingidas por granizo na Região Sul.

As negociações de preço do fumo entre indústrias e produtores devem continuar na próxima semana, após a primeira reunião feita em dezembro. Como é habitual no setor, a venda da safra começa antes da definição da nova tabela e, depois que as duas partes chegam a um acordo, o produtor recebe a diferença.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.