Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Setor financeiro preocupa e bolsas de NY abrem no vermelho

SÃO PAULO - As bolsas de Nova York abriram em baixa nesta quinta-feira, marcando o que pode ser o sétimo dia seguido de queda para os mercados acionários norte-americanos. A volta do temor em relação à saúde do sistema financeiro puxa as ações para baixo.

Valor Online |

Os papéis do Citi, por exemplo, despencam mais de 20% pelo segundo dia consecutivo, diante dos planos da instituição - não confirmados oficialmente - de reduzir significativamente seu tamanho a fim de levantar capital. Já os papéis do Bank of America perdem quase 25%, após o Wall Street Journal revelar que o banco deve precisar de dinheiro adicional do governo para conseguir digerir o Merrill Lynch, comprado emergencialmente no ano passado.

Em destaque também as ações da Apple, que recuam mais de 5%, na esteira da notícia de que o seu CEO, Steve Jobs, vai tirar licença médica até o final de junho para cuidar da saúde.

Há pouco, o Dow Jones recuava 2,10%, para 8.028 pontos. O S & P 500 perdia 2,34%, para 822 pontos e o Nasdaq Composite tinha baixa de 1,87%, aos 1.461 pontos.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG