HONG KONG - As bolsas de valores da Ásia registraram alta nesta terça-feira, ajudados por rali no setor de tecnologia e novas medidas por parte dos governos da Austrália e do Japão para dar apoio às suas economias. Mas a confiança continuou negativa em meio a preocupações quanto aos resultados em queda de companhias.

O Japão e a Austrália revelaram novas medidas agressivas para estabilizar seus mercados e dar suporte às economias, mas as medidas deram aos seus respectivos mercados acionários somente um breve impulso à medida que o crescente número de alertas de companhias quanto a resultados mostrou que a força das ações pode ser passageira.

O banco central do Japão disse que comprará US$ 11,2 bilhões em ações de desempenho ruim detidas pelas instituições financeiras do país com problemas, e o governo da Austrália revelou um segundo pacote pacote de estímulo de US$ 26,5 bilhões.

"Expectativas por medidas para melhorar a demanda e propiciar equilíbrio de ações, além de medidas de estímulo econômico no exterior darão suporte ao mercado", disse Junichi Misawa, gerente de fundos sênior da STB Asset Management no Japão.

"Mas a realidade é que nós ainda não vemos o piso para a economia ou para os resultados corporativos que irão cobrir ganhos futuros no mercado por um tempo".

Ações do setor de tecnologia, que estiveram abatidas nas últimas semanas, lideraram um rali modesto das ações, o que de certa forma ajudou a disposição de investidores em tomar riscos, e valorizou moedas de maior rendimento, como os dólares australiano e neo-zeolandês.

O índice MSCI das principais ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão subia 0,93%, por volta das 7h53 (horário de Brasília). Os setores de serviços de saúde, materiais e tecnologia foram os que tiveram maiores ganhos percentuais entre os setores da região.

O índice Kospi, de Seul, foi um dos que mais se valorizou na região, com alta de 1,4% após resultados melhores que o esperado por parte da empresa fabricante de memória flash SanDisk.

Na Austrália, as ações do Commonwealth Bank of Australia saltaram 9,8% após o banco ter divulgado uma previsão de lucro que não foi tão ruim quanto era esperado.

Entretanto, o principal índice da bolsa de Sydney terminou em alta de somente 0,3% --grandes perdas em papéis de empresas ligadas ao setor imobilário acabaram afetando os ganhos gerais.

O índice Nikkei de Tóquio terminou o dia com desvalorização de 0,6%, após ter chegado a se valorizar 2% mais cedo.

Ações do maior banco do Japão cederam 0,8% após um jornal ter informado que o Mitsubishi UFJ Financial Group cortará a previsão anual e se somará ao crescente número de companhias que estão reduzindo suas expectativas, com o impacto da recessão global sendo amplamente sentido.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng foi na contramão e perdeu 0,6%, enquanto na bolsa de Xangai a valorização foi de 2,4%. Em Taiwan a alta foi de 2,6% e em Cingapura o avanço foi de 0,4%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.