Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Setor de serviços dos EUA sofre contração em dezembro pelo 3º mês seguido

Nova York, 6 jan (EFE).- A atividade no setor dos serviços dos Estados Unidos sofreu contração em dezembro, pelo terceiro mês consecutivo, mas a um ritmo menor que em novembro, segundo dados divulgados hoje pelo Instituto de Gestão de Fornecimento (ISM).

EFE |

O índice de atividade nesse setor se situou em 40,6 pontos no mês passado, frente aos 37,3 de novembro e aos 37 previstos pelos economistas.

Um índice superior a 50 pontos reflete um avanço generalizado da atividade nas empresas do setor e abaixo desse nível, uma contração.

Os comentários dos consultados para calcular o índice "refletem preocupação sobre o declive geral da atividade nos negócios, falta de financiamento, cortes de orçamentos e menos emprego", destacou Anthony Nieves, analista do ISM.

Dos 18 subsetores que esta entidade privada de análise econômica leva em conta para elaborar seu índice, só um, o de comércio no varejo, registrou um aumento em sua atividade, explicou o ISM em comunicado de imprensa.

O subíndice de novas ordens subiu para 39,9 pontos, dos 35,4 de novembro, e o de emprego aumentou para 34,7 inteiros, dos 31,3 anteriores.

Os preços que os empresários pagaram por bens e serviços para o desenvolvimento de sua atividade desceram em dezembro de forma moderada frente ao mês anterior.

O subíndice de preços se situou em 36 pontos, o nível mais baixo desde que, em 1997, este aspecto da atividade no setor começou a ser calculado. Em novembro, o número foi de 36,6 inteiros. EFE vm/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG