Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Setor aéreo global pode eliminar 400 mil empregos em 2009, alerta Iata

GENEBRA - O setor aéreo global poderá demitir até 400 mil pessoas em 2009 no rastro da recessão econômica, alertou nesta terça-feira a Iata (Associação Internacional de Companhias Aéreas), que representa 240 empresas em todo o mundo. A ameaça de desemprego afetará pouco mais de 1% dos 32 milhões de empregados na indústria do transporte aéreo, incluindo áreas de turismo, de acordo com o economista-chefe da entidade, Brian Pearce.

Valor Online |

Globalmente, as companhias de aviação devem reduzir pela metade suas perdas, passando de US$ 5 bilhões este ano para US$ 2,5 bilhões em 2009. A projeção considera o preço do barril de petróleo a US$ 60, comparado à projeção anterior, de US$ 110. Todas as regiões, com exceção dos Estados Unidos, deverão ter prejuízos em 2009 maiores do que em 2008.

Na América Latina, as perdas das companhias aéreas vão dobrar para US$ 200 milhões no ano que vem, afetadas pela recessão dos Estados Unidos e queda no mercado de commodities.

Leia tudo sobre: cortes de empregos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG