BRASÍLIA - A partir de amanhã (8), os servidores da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) entram em greve. Sem acordo sobre reajuste salarial, eles rejeitaram os 5,04% propostos pela empresa e buscam negociar um índice maior.

A avaliação do Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário (Sinpaf) é que os 5,04% são suficientes apenas para repor as perdas causadas pela inflação registrada entre maio de 2007 e abril deste ano pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

A orientação é que a categoria só volte ao trabalho após alcançar um reajuste que represente ganhos reais, ou seja, acima dos índices de inflação oficial do último ano.

No dia 25 de junho os servidores da Embrapa já haviam feito uma paralisação de 24 horas.

(Agência Brasil)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.