Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Serra não discutiu venda da Nossa Caixa com Mantega

Embora tenha se reunido hoje com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo estadual, o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), afirmou que eles não trataram das negociações relativas à venda da Nossa Caixa para o Banco do Brasil. Não conversamos (sobre o tema), por incrível que pareça.

Agência Estado |

Este é um assunto que não está concluído, apesar do noticiário em contrário. Apesar das especulações a esse respeito, na hora que estiver concluído, será anunciado", afirmou hoje o governador.

Segundo fontes, o acordo de venda da Nossa Caixa ao Banco do Brasil deve ser anunciado em breve. Há especulações sobre o valor de venda do banco, que poderia variar de R$ 6,4 bilhões a R$ 7 bilhões. Esse montante é obtido a partir de um indicador básico, que é o patrimônio líquido (PL) da instituição estadual, que corresponde a R$ 3,2 bilhões. O patamar de R$ 6,4 bilhões equivale ao dobro do PL, o que é um conceito clássico de referencial para negociações de instituições financeiras no Brasil. Os R$ 600 milhões adicionais, seriam o equivalente a uma espécie de prêmio aos controladores pela aquisição do banco.

O governador evitou comentar em que estágio estão as negociações de venda da Nossa Caixa para o Banco do Brasil. Perguntado se estão adiantadas, ele apenas sorriu, indicando de forma educada que não poderia se manifestar sobre o tema. Contudo, Serra ressaltou que, quando a operação estiver definida formalmente, enviará um Projeto de Lei relativo à alienação da Nossa Caixa ao BB à Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG