Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Serra: juros altos contribuem para crise no Brasil

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), voltou a fazer hoje duras críticas à política monetária do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Serra culpou a alta taxa básica de juros pela chegada e permanência da crise econômica internacional no País e afirmou que o Estado faz o possível para diminuir os impactos da turbulência.

Agência Estado |

"Nós estamos desempenhando a nossa parte de acordo com as nossas possibilidades, mas o governo de São Paulo não tem política monetária, cambial ou fiscal", afirmou em cerimônia no Palácio dos Bandeirantes, na capital. "O juro é o fator mais perverso da economia brasileira, que mais contribuiu para que essa crise chegasse do jeito que chegou e que está mais contribuindo para que o Brasil não adquira a confiança necessária para sair da crise."

O governador disse apostar na manutenção de investimentos, principalmente em obras, para combater o impacto da crise. Ele anunciou hoje novas fases de um programa de R$ 3,9 bilhões para recuperar estradas vicinais do Estado. "As vicinais vão permitir gerar em São Paulo 36,4 mil empregos diretos e 108 mil indiretos." E gabou-se: "Não é brincadeira, ainda mais em um contexto de crise. É realmente uma coisa incrível."

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG