Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Serra critica loteamento das agências reguladoras

RIO - A politização das agências reguladoras foi duramente criticada pelo governador do estado de São Paulo, José Serra. Embora tenha afirmado que por enquanto não participa do jogo para a sucessão presidencial de 2010, Serra afirmou que os órgãos reguladores não deveriam ser submetidos a loteamento.

Valor Online |

É uma desfiguração. A privatização de uma ação estatal. Nesse aspecto, precisamos reestatizar o Estado, ressaltou Serra, que participou hoje do Fórum Especial promovido pelo Instituto Nacional de Altos Estudos.

Serra também criticou o rumo tomado pelo Mercosul. Segundo ele, o Brasil deve tentar se afastar da idéia do multilateralismo e mirar em alguma medida para tentar acordos bilaterais de comércio.

O Brasil já é um país continental. Temos que fazer mudanças no Mercosul, para permitir ao Brasil fazer acordos bilaterais, sem necessariamente incluir outros países do bloco, ponderou, acrescentando que o Mercosul deve se transformar, de fato, em uma área de livre comércio e não apenas permanecer como uma união alfandegária, como é hoje.

Serra também bateu no caso dos grampos telefônicos. De acordo com ele, o caso ocorrido no gabinete no ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes revela a existência de um poder paralelo que insulta a democracia e as instituições da república. Devemos fazer medidas legislativas que limitem as possibilidades dos grampos, afirmou.

(Rafael Rosas | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG