O governador do Estado de São Paulo, José Serra, informou hoje que 50% do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) que for gerado com as compras do fim de ano em dezembro só serão recolhidos pelo Estado em fevereiro do ano que vem. Em entrevista após encontro com o presidente Lula, no Palácio do Planalto, Serra disse que a medida é uma forma de manter a economia paulista aquecida.

"São mais R$ 2 bilhões que ficarão na economia por mais um mês", disse.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.