O Senado dos Estados Unidos concluiu ontem o segundo dia de deliberações sobre o Plano de Recuperação Econômica e Reinvestimento, acrescentando cerca de US$ 21 bilhões à proposta, enquanto superava as inúmeras tentativas dos republicanos para reestruturar o plano. Até o final da sessão de ontem, a versão aprovada pelo Senado do plano de estímulo econômico alcançava um custo total de cerca de US$ 922 bilhões.

O líder da maioria, o democrata Harry Reid, disse esperar a conclusão das deliberações sobre o pacote nesta quinta-feira, e pediu que os republicanos não tentem adiar a votação da proposta.

Apesar do progresso nas negociações, porém, ainda não se sabe se a liderança democrata conseguirá manter a ala conservadora sob controle e ao mesmo tempo conquistar número suficiente de republicanos moderados, a fim de alcançar a super maioria de pelo menos 60 votos necessários à votação do pacote.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.