Tamanho do texto

O senador republicano Judd Gregg anunciou, nesta quinta-feira, que decidiu não aceitar o cargo de secretário do Comércio, menos de duas semanas depois de ter sido convidado pelo presidente Barack Obama para ocupar a pasta.

Gregg explicou que retira sua candidatura, devido a "conflitos irreconciliáveis", entre os quais o plano de estímulo à economia e os planos de modernizar o órgão responsável pelo Censo, que faz parte do Departamento do Comércio.

"Foi uma grande honra, e acho que poderia contribuir com algumas novas idéias que ajudariam (Obama) a governar nesses tempos difíceis", disse Gregg.

"Mas ficou claro, durante esse processo, que isso não funcionará como eu havia pensado. Em temas, como o pacote de estímulo e o Censo, surgem conflitos sem solução para mim", justificou.

rl/tt

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.