O Senado brasileiro vai ouvir amanhã o embaixador do Brasil em Quito, Antonino Marques Porto, sobre a crise provocada pelo calote que o Equador pretende dar na dívida de R$ 597 milhões com o BNDES. Trata-se de um calote no governo brasileiro, disse o presidente da Comissão de Relações Exteriores do Senado, Heráclito Fortes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.