Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Senado não deve afrontar Judiciário quanto a nepotismo, nota Garibaldi

SÃO PAULO - O presidente do Senado, Garibaldi Alves, afirmou nesta manhã que não há hipótese de a Casa modificar a decisão em que o Supremo Tribunal Federal (STF) proibiu o nepotismo nos três Poderes. Mediante súmula vinculante, o tribunal decidiu proibir a contratação de parentes até o 3º grau, incluindo cônjuges.

Valor Online |

Indagado se isso pode ser mudado, o presidente do Senado respondeu que não. Eu acho que a Casa, se tiver de mudar essa norma, é para aperfeiçoar. Não tem por que, numa hora dessas, afrontar o Poder Judiciário, afrontar a sociedade. Eu não vejo como, afirmou.

Numa entrevista dada no momento em que chegava ao Senado, Garibaldi comentou ainda o fato de o Judiciário vir disciplinando matérias do interesse da sociedade que poderiam estar sendo normatizadas pela ação do Legislativo. Ele foi questionado se o Parlamento não é o principal responsável por esse vácuo. A Casa é responsável. Por isso devemos tomar consciência disso, não apenas eu, mas todos nós, senadores, para que possamos ficar mais atentos, tomar providências, ver realmente o que está acontecendo, observou.

(Agência Brasil)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG