Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Senado garante a Obama US$ 350 bi para socorrer economia

Washington, 15 jan (EFE).- O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, assegurou hoje a segunda metade do pacote de US$ 700 bilhões para socorrer o sistema financeiro, depois que uma resolução para bloqueá-lo foi reprovada no Senado.

EFE |

O voto de 52 senadores contra a resolução e os de 42 a favor do texto significam, na prática, que o novo Governo terá US$ 350 bilhões para fazer os reparos mais imediatos no combalido sistema financeiro americano.

Pouco antes da votação no Senado, Larry Summers, que dirigirá o Conselho Econômico Nacional de Obama, prometeu aos legisladores que usará entre US$ 50 bilhões e US$ 100 bilhões da verba aprovada para ajudar proprietários que estão prestes a perderem suas casas, conforme havia solicitado por congressistas de ambos os partidos.

Segundo a lei que aprovou o pacote de US$ 700 bilhões para socorrer a economia, para que a segunda metade dessa soma fosse bloqueada, tanto o Senado como a Câmara de Representantes deveriam aprovar resoluções vetando sua liberação.

Summers também prometeu hoje dar explicações detalhadas sobre o que será feito com o dinheiro.

No entanto, o republicano Bob Corker, membro da Comissão de Bancos, reclamou que a equipe de Obama não apresentou "um plano claro" para restabelecer a confiança da população no sistema financeiro.

"Preocupa-me o fato de estarmos tratando os sintomas e não o problema pela raiz", disse Corker em comunicado, que votou pelo bloqueio aos US$ 350 bilhões. EFE cma/sc

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG