Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Senado dos EUA aprova Lei de Moradia, com US$ 300 bi

Com 63 votos a favor e cinco contra, o Senado dos Estados Unidos aprovou o projeto da Lei de Moradia, que prevê um programa de US$ 300 bilhões para ajudar os mutuários a refinanciar hipotecas, reforma a Agência Federal de Habitação (FHA) e muda a regulamentação das agências de crédito hipotecário Fannie Mae e Freddie Mac. O projeto aprovado é diferente daquele que já havia sido votado na Câmara, de modo que as duas Casas do Congresso precisarão negociar um texto unificado antes de enviá-lo ao presidente dos EUA, George W.

Agência Estado |

Bush, para sanção.

O presidente do Comitê de Bancos do Senado, Christopher Dodd (Partido Democrata/Connecticut), disse esperar que os projetos da Câmara e do Senado possam ser reconciliados em poucos dias, para que um texto único possa ser enviado a Bush ainda na próxima semana. Dodd afirmou que ele e o presidente do Comitê de Serviços Financeiros da Câmara, deputado Barney Frank (Partido Democrata/Massachusetts), têm conversado sobre as medidas necessárias para unificar os dois projetos. "Minha esperança é que possamos lidar com isso rapidamente", acrescentou. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG