Tamanho do texto

O plenário do Senado aprovou nesta terça-feira por 27 votos a 16 e duas abstenções o nome do procurador-geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), Arthur Badin, para a presidência do órgão.

A indicação de Badin foi aprovada pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado por 21 votos favoráveis e nenhum contrário no último dia 26 de agosto. A polêmica em torno do nome dele entre os parlamentares dizia respeito a sua pouca idade.

Badin tem apenas 32 anos, mas, além de já trabalhar no CADE, ele também já passou pela Secretaria de Direito Econômico (SDE) do Ministério da Fazenda.

Leia mais sobre CADE

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.