Washington, 21 jul (EFE).- O Senado dos Estados Unidos aprovou hoje uma extensão até o próximo dia 30 de novembro dos subsídios de desemprego para 2,5 milhões de americanos.

Washington, 21 jul (EFE).- O Senado dos Estados Unidos aprovou hoje uma extensão até o próximo dia 30 de novembro dos subsídios de desemprego para 2,5 milhões de americanos. Os subsídios venceram no começo de junho. A medida, aprovada com 59 votos a favor e 39 contra, passa agora à Câmara de Representantes, que deve submetê-la a votação amanhã mesmo, para que o presidente Barack Obama a promulgue antes do fim da semana. O Senado conseguiu a aprovação final da medida um dia depois que os democratas frearam as táticas dilatórias dos republicanos, que em geral se opunham à ampliação dos subsídios pelo impacto que terão no déficit. Após a votação, o senador democrata Christopher Dodd disse em comunicado que a medida ajudará os milhões de desempregados que passaram mais de sete semanas esperando a assistência do Governo para cobrir suas necessidades. A medida autoriza uma extensão dos subsídios de desemprego por US$ 34 bilhões. Mais de 2,5 milhões de americanos que estão desempregados a mais de seis meses perderam esta ajuda federal no dia 2 de junho e, perante a anêmica recuperação econômica atual, os legisladores enfrentaram fortes pressões em seus distritos para estender os subsídios. EFE mp/pb

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.