Tamanho do texto

O Senado americano adotou nesta quarta-feira, por 74 votos a 25, o plano de socorro financeiro de 700 bilhões de dólares elaborado pelo secretário do Tesouro, Henry Paulson.

O texto modificado seguirá agora para a Câmara de Representantes, que rejeitou o projeto original de Paulson, na segunda-feira passada.

O projeto aprovado pelo Senado tem mais de 400 páginas, contra cerca de 100 páginas do texto rejeitado pela Câmara, já que várias emendas foram adotadas para agradar os deputados que votaram contra o plano original.

Entre as principais emendas está a ampliação do limite de garantia dos depósitos bancários nos Estados Unidos, de 100 mil dólares para 250 mil dólares.

afp/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.