Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Sem volume, Bovespa fecha em alta com Petrobras e Vale

SÃO PAULO - Com um volume financeiro muito fraco, a Bolsa de Valores de São Paulo conseguiu algum fôlego para encerrar o último pregão da semana em alta. O Ibovespa, principal índice da bolsa paulista, encerrou em alta de 1,08%, a 36.864 pontos. O resultado desta sexta-feira (26), porém, não indica uma tendência e ficou longe de aliviar as perdas de segunda e terça-feira. Na semana, o índice acumulou queda de 5,8%.

Redação com Reuters |

  • Bolsas de NY abrem pregão em alta; GM sobe 13%
  • Após anúncio de baixa na produção industrial, Bolsa de Tóquio fecha em alta
  •  

    O volume financeiro foi de R$ 1,2 bilhão.

    "A bolsa hoje não teve volume, teve interesse zero e não representa uma sinalização de tempos melhores", resumiu um corretor, que pediu para não ser identificado. Para ele, as perspectivas para a próxima semana ainda são de queda, novamente com pouco volume.

    "Quem tinha que fazer já fez. Hoje, por exemplo, o que houve foram pequenos acertos de carteiras", acrescentou.

    As blue-chips Petrobras -beneficiada por uma alta do petróleo, após a commodity despencar 9 por cento há dois dias- e Vale deram sustentação ao Ibovespa.

    Enquanto a estatal avançou 3,64%, encerrando cotada a R$ 22,80, a gigante de mineração terminou com alta de 2,97%, a R$ 23,90.

    Nova York, também sem grandes movimentações, não serviu para alterar o comportamento local. A menos de uma hora do fechamento, o principal índice de ações norte-americano, o Dow Jones operava em alta de 0,6% depois de operar próximo da estabilidade durante a maior parte do pregão.

    Dólar

    O dólar fechou em queda nesta sexta-feira (26), em sessão de poucos negócios espremida entre o Natal e o final de semana. A moeda norte-americana caiu 0,75%, cotada a R$ 2,370.

    Apesar da queda nesta sessão, a divisa acumulou leve alta de 0,30% na semana encurtada pelo feriado de Natal.

    No mês, a valorização da moeda norte-americana está em 2,16% e no ano ela é de 33,4%. Em relação à mínima do ano, atingida em julho, a alta do dólar é de 51,7%.

    Leia tudo sobre: bovespadólar

    Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG