Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Sem IPI, carro popular da Fiat cairá em média R$ 2 mil

Os preços dos modelos 1.0 fabricados pela Fiat deverão ter uma redução média de R$ 2,050 mil com a isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) anunciada ontem pelo governo federal, segundo cálculos da montadora.

Agência Estado |

No carro mais barato oferecido pela empresa, o Uno Mille, que custa na tabela R$ 23,4 mil, o impacto será de R$ 1,735 mil, avalia a companhia.

Todos os preços dos veículos produzidos pela empresa estão sendo recalculados com base na isenção do imposto, que também será reduzido em 50% na alíquota cobrada dos modelos maiores. A previsão é de que até o fim de hoje a nova tabela de preços já esteja disponível ao consumidor. "A expectativa é de que o pacote tenha efeito muito positivo para o setor", afirma o presidente da Fiat, Cledorvino Belini. O executivo destaca que as medidas são um boa demonstração de que o governo está fazendo a sua parte para reativar a economia.

Belini destaca ainda que o fato da isenção do IPI vir acompanhada de um corte no Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) e do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) eleva ainda mais as chances de uma retomada das vendas do setor.

Apesar de não revelar qual o nível atual de estoques, a montadora informa que está cancelando as operações de faturamento dos carros que estão em estoque nas distribuidoras. O objetivo é refazer o processo a fim de repassar os veículos já com o preço novo.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG