Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Sem Doha, Brasil deve focar acordos setoriais, diz Miguel Jorge

SÃO PAULO - O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge, disse hoje considerar interessante que o Brasil passe a analisar com maior atenção os acordos setoriais de comércio caso as negociações da Rodada Doha experimentem novo fracasso. Segundo ele, o ministro de Comércio da Índia, Kamal Nath, jogou água na fervura das negociações ao declarar que seu país não tem intenção de se mostrar flexível na reunião marcada para a próxima semana, em Genebra.

Valor Online |

" Pessoalmente, considero interessante que, se houver impasse, como parece indicado pelo governo indiano, uma das saídas será a discussão de acordos setoriais " , disse o ministro, que participa hoje do Encontro Anual da Indústria Química, que ocorre em São Paulo.

Miguel Jorge lembrou que durante seus 14 anos de trabalho na indústria automobilística - o ministro atuou na Volkswagen - sempre foi simpático aos acordos setoriais. Ele citou como exemplo o compromisso entre Brasil e México para o comércio de veículos, que é isento de tributação e que funciona " muito bem " .

(Murillo Camarotto | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG