Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Seguro de crédito é negado a fornecedores da GM e da Ford (imprensa)

As principais securitizadoras de crédito americanas decidiram não prestar serviços aos fornecedores do mercado automobilístico que tenham débitos com os fabricantes em dificuldades General Motors (GM) e Ford, anunciou nesta sexta-feira o Financial Times (FT).

AFP |

"Euler Hermes, Atradius e Coface, que controlam mais de 80% do mercado mundial de seguros de crédito, negam-se a subscrever apólices de seguro a esses fornecedores", diz o jornal, lembrando que GM e Ford "são os dois grandes grupos que nunca foram boicotados", antes.

O seguro do crédito é usado para proteger os fornecedores contra o não pagamento de seus produtos por parte dos clientes.

Em meio à grave crise que afeta as empresas automotivas americanas, o senador republicano de Iowa, Chuck Grassley, sugeriu em carta dirigida a diretores da Ford, da General Motors e da Chrysler, que reduzam os próprios salários como forma de ajudar a enfrentar a situação financeira crítica do setor.

emp/chl/sd

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG