Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Segurança e limpeza são exportadas

Os dois principais itens de exportação da Companhia do Metropolitano de São Paulo são segurança e limpeza. Enquanto Londres instala câmeras por todos os lados para inibir a ação de trombadinhas, por exemplo, a capital paulista ostenta hoje um dos mais baixos índices de criminalidade da história - menos de duas ocorrências por milhão de passageiros.

Agência Estado |

Ao contrário de outras redes ao redor do mundo, que usam policiais comuns, a segurança das 55 estações paulistanas é feita por um quadro de mil agentes contratados e treinados para a função. Parte da eficiência é atribuída à criação de um "serviço de inteligência" composto por vigias à paisana. Eles têm a função de identificar e coibir atitudes suspeitas dentro das estações, alertando a central para possíveis problemas.

Outro ponto em que o metrô de São Paulo se destaca é a limpeza. Embora a tarefa tenha sido terceirizada, a companhia exerce uma rigorosa fiscalização do contrato - já copiado pelo metrô de Paris. "O ambiente limpo inibe as pessoas na hora de sujá-lo", comenta o assessor de direção do Metrô Roque de Lázaro Rosa.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG