Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Segurados do INSS já passam de 40 milhões

A Previdência Social alcançou a marca história de 40 milhões de trabalhadores com carteira assinada como contribuintes em 2007. O número de contribuintes individuais, em que estão, entre outros, os trabalhadores autônomos, atingiu 11 milhões de pessoas no mesmo ano.

Agência Estado |

O salto no número de filiados é expressivo, já que em fins de 2002 eram 30,8 milhões os contribuintes empregados e cerca de 28 milhões descontavam regularmente para o INSS.

Em relação ao ano anterior, houve crescimento de 7,15% no contingente de empregados filiados ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A taxa de crescimento no segmento dos individuais foi de 5,4%. Os números são inéditos e foram revelados pelo ministro da Previdência, José Pimentel. "Ampliamos a cobertura previdenciária e social no País". Ele explicou que, nesse universo de 40 milhões de pessoas, estão cerca de 36,1 milhões de contribuintes efetivos, ou seja, pagaram de forma contínua nos 12 meses. Os demais 3,9 milhões de trabalhadores contribuíram por menos meses, o que indica alguma ocupação temporária.

Perfil

O número de contribuintes do INSS com carteira assinada com idade de até 19 anos cresceu 21,7% em 2007 em relação a 2006. Também houve crescimento de 32,39% entre os trabalhadores entre 50 anos e 64 anos. Para Pimentel, a elevação entre os jovens aponta maior facilidade na obtenção do primeiro emprego. Já entre os trabalhadores de mais idade, os dados comprovam o comportamento das empresas de buscar profissionais experientes, até aposentados, para suprir a escassez de mão-de-obra. Entre os trabalhadores de 20 a 24 anos de idade, houve um aumento de 3%. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia mais sobre INSS

Leia tudo sobre: inss

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG